sábado

Família, Lugar de Perdão

 
Não existe família perfeita. Não temos pais perfeitos, não somos perfeitos, não nos casamos com uma pessoa perfeita nem temos filhos perfeitos. Temos queixas uns dos outros. Decepcionamos uns aos outros. Por isso, não há casamento saudável nem família saudável sem o exercício do perdão. O perdão é vital para nossa saúde emocional e sobrevivência espiritual. Sem perdão a família se torna uma arena de conflitos e um reduto de mágoas.

Sem perdão a família adoece. O perdão é a assepsia da alma, a faxina da mente e a alforria do coração. Quem não perdoa não tem paz na alma nem comunhão com Deus. A mágoa é um veneno que intoxica e mata. Guardar mágoa no coração é um gesto autodestrutivo. É autofagia. Quem não perdoa adoece física, emocional e espiritualmente.

É por isso que a família precisa ser lugar de vida e não de morte; território de cura e não de adoecimento; palco de perdão e não de culpa. O perdão traz alegria onde a mágoa produziu tristeza; cura, onde a mágoa causou doença.

Papa Francisco.

Um comentário:

Joel Oliveira disse...

Muito bom, apenas que o texto não é do Papa Francisco, da Igreja Católica e sim do Reverendo Hernandes Dias Lopes, da Igreja Presbiteriana, publicado inicialmente em 1971, conforme pode ser confirmado no link http://www.ipb.org.br/cada-dia/familia-lugar-de-perdao-1971, ou no texto completo publicado em 2012 http://hernandesdiaslopes.com.br/.../perdao-a-cura.../...